terça-feira, 14 de julho de 2009

Você precisa mesmo defender seu ponto de vista?

Sempre que você estiver conversando com alguém, verifique se você está sentindo necessidade de defender seu ponto de vista. Verifique a vontade de tornar a sua opinião mais importante do que a opinião do outro. Se essa vontade de "estar certo" aparecer em você, saiba que é o ego. O ego tem necessidade de estar certo. Para o ego, estar errado é a morte. Para satisfazer sua necessidade de estar certo, o ego se comunica com outros egos através da discussão ou da validação. Na discussão, o ego vê o seu ponto de vista sendo atacado, por isso ele reage e contra-ataca. É interessante perceber os recursos primitivos que ele utiliza, como aumentar o volume da voz, modificar a entonação da voz para torná-la mais dramática, fazer gestos ou posturas ameaçadoras, entre outros apelos emocionais. Já na validação, o ego encontra pessoas com pontos de vista semelhantes aos seus, e assim se sente "entre amigos". Durante a validação, os egos "amigos" se inflam através do ataque às pessoas "que não conhecem a verdade", ou seja, que têm opiniões contrárias às suas. Mas perceba que esses "amigos" só são "amigos" do ego enquanto compartilham opiniões semelhantes. Quando mudam de assunto e as opiniões se tornam conflitantes, a discussão começa novamente.
Enquanto a humanidade continuar vivendo no estágio atual, que é o relacionamento entre egos, não haverá comunicação verdadeira. Enquanto houver necessidade de se defender e atacar, não haverá espaço para ouvir o outro, não haverá espaço para compaixão, que é reconhecer a si mesmo no outro.
Quando você descobre sua verdadeira natureza além desse ego frágil e carente, não há mais necessidade de se defender, não há mais necessidade de atacar, não há mais necessidade de estar certo. É claro que você pode expor seu ponto de vista com firmeza. Você pode continuar concordando ou discordando, normalmente. Mas você pode se libertar do vício de estar sempre certo, e você pode perder o medo de estar errado. Se você busca a verdade em si mesmo, então deve reconhecer que pode não estar certo todas as vezes. Para sua verdadeira natureza, estar certo ou errado não faz a menor diferença. Estar certo não vai torná-lo melhor do que ninguém, e estar errado não vai torná-lo menos digno.

Autor: Desconhecido
fonte: Texto recebido por email

2 comentários:

João Ludugero disse...

Querida Sheila do Blog Passarinhos no Telhado,
Se puder e quiser me adicionar como amigo, vou adorar. Tenho um blog de poesias. Dê uma esticadinha por lá e deixe seus primorosos coments. Vou adorar. Tenhas saúde e alegrias duradouras.
Hiper abraço,
ótimo fds!
João, poeta.

isadoragurgel disse...

Autor: Osho